26 de junho de 2009

Prémio Manuel Laranjeira 2009

O Prémio Manuel Laranjeira de 2009 vai ser atribuído no próximo dia 4 de Julho, pelas 15,30 horas, em Mozelos, no Salão Nobre da Junta de Freguesia, a Fernando Ferreira da Silva pela sua dedicação ao desenvolvimento cultural e associativo.

Criado em 1990 pelo GDC.M – Grupo de Dinamização Cultural de Mozelos, este prémio evocativo da memória deste importante escritor Mozelense, continua a eleger como principal objectivo a distinção de personalidades cuja importância do trabalho realizado ao serviço da cultura, do desporto, das artes e da acção social seja digno de mérito e do reconhecimento público.

O Prémio Manuel Laranjeira de 2009 vai para Argoncilhe, para Fernando Ferreira, que se distingue na área da cultura. Fernando Ferreira é uma figura de referência do associativismo local e nacional que teve um importantíssimo papel na criação e desenvolvimento de algumas das mais significativas associações locais. Foi fundador e dirigente da Federação das Colectividades de Cultura e Recreio do Concelho de Santa Maria da Feira, onde preside à mesa da assembleia-geral, é actualmente dirigente da Federação Nacional de Folclore e tem um vastíssimo curriculum que remonta à sua juventude, que se traduz numa vida inteira dedicada à valorização e dignificação da pessoa humana através do desenvolvimento cultural.

Fernando Ferreira foi um defensor intransigente da autonomia, diversidade e vitalidade do associativismo local, defendeu a criação e disseminação de novas associações que considerou fundamentais – em paralelo com as outras associações de média e grande dimensão – para a coesão social, assim como para a preservação da identidade local e do património colectivo.

Com esta distinção de mais uma personalidade que não é natural nem residente em Mozelos é encerrado um ciclo em que foram valorizadas personalidades das várias localidades circunvizinhas: Carlos Martins de Santa Maria de Lamas, Silvina Tavares de Paços de Brandão, Maria Fernandes de Lourosa, Antero Monteiro de S. Paio de Oleiros, Amaro Francisco de Nogueira da Regedoura.

Com esta distinção de Fernando Ferreira, de Argoncilhe, que pelas funções que desempenhou na Federação das Colectividades esteve também ligado ao processo de desenvolvimento do GDC em Mozelos, cuja presença nos momentos mais importantes e decisivos foram fundamentais para a consolidação e maturidade desta colectividade que celebra este ano o seu 25º Aniversário.

Esta iniciativa está integrada ainda na celebração do 20º Aniversário da elevação de Mozelos a Vila e tem o apoio do Governador Civil de Aveiro, do Instituto Português da Juventude, da Câmara Municipal de S. Mª da Feira e da Junta de Freguesia de Mozelos.

Sem comentários: